E o Paraná, como de hábito, saiu na frente:

Táxi elétrico estreia no Paraná

Silencioso, modelo da Fiat chega aos 110 km/h e pode ser recarregado em oito horas

http://odia.terra.com.br/portal/automania/html/2010/10/taxi_eletrico_estreia_no_parana_118570.html

Foto: Divulgação

“Para este teste como táxi, além do Palio Weekend movido por um motor elétrico de indução, trifásico, com 15 Kw de potência (o equivalente a 20 cv), refrigerado a água — avaliado em R$ 140 mil —, a Copel disponibilizou também no aeroporto um eletroposto na área de desembarque — o custo foi orçado em R$ 10 mil — capaz de recarregar em oito horas a bateria do veículo. Feita de cloreto de sódio (sal de cozinha) e Níquel, a bateria tem autonomia para até 120 km, e que custa entre US$ 10 e US$ 15 mil. O carro elétrico tem velocidade máxima limitada eletronicamente a 110 km/h.”

É um teste que acredito que será bem sucedido, os custos de manutenção são mínimos e a confiabilidade assegura longos anos de uso. E os correios também dão sua cota, apesar da decadência que enfrenta:

http://www.maisinterior.com.br/v4_ler.asp?id=129564/Carro-el%E9trico-ser%E1-usado-por-Correios-em-Campinas

Carro elétrico será usado por Correios em Campinas
21/10/2010
Ag. Anhangüera

  CAMPINASParceria entre ECT e CPFL assinada nesta quarta-feira (20/10) será teste para uso de veículo de energia limpa

“A Empresa de Correios e Telégrafos (ECT) e a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) assinaram na tarde de ontem (21) um convênio para utilização de veículo elétrico nas entregas do Sedex no bairro do Taquaral, em Campinas. Com autonomia de até 120 quilômetros, o modelo Edra — desenvolvido pela CPFL Energia e Edra Automotores — vai percorrer cerca de 68 quilômetros diários efetuando a distribuição de correspondências rápidas. A iniciativa tem duração prevista de seis meses e vai testar o emprego de veículos sustentáveis no sistema de distribuição do Correios.

O Edra tem 2,24 metros de distância entre eixos e pesa 600 quilos em ordem de marcha, incluindo as baterias. Pode transportar duas pessoas na cabine e 350 quilos de carga na caçamba, com autonomia para rodar entre 90 e 120km e atingir velocidade máxima de até 80km/h. O chassi é de alumínio e as baterias, de lítio, são fabricadas na China. O abastecimento será feito duas vezes por dia.”

Precisa mais que isto para o percurso urbano? O caminhãozinho está em testes há anos e já provou seu valor. Resta fabricarmos aqui as baterias. Eis o danado: http://www.edraauto.com.br/ e http://www.edraauto.com.br/lancamento.php

Anúncios