Eis a fera faiscante.

Fãs de BMW (certamente mais de um bilhão) em condições de ter um na garagem (certamente menos de um bilhão), preparai vossas carteiras, refazei a instalação eléctrica da garagem e aguardai.

Baseado no hatch série 1, está em fase de testes o coupé Série 1 eléctrico. Flagrada pela italiana InfoMotori em um reboque. Sem o capô, sobre um reboque puxado por um X5, o repórter pôde reconhecer facilmente um gerador e um banco de baterias, além de uma bela imagem do painel.

Após o lançamento do Mini E na Califórnia, será certamente a vez do Coupé. Por dentro é igual ao hatch, o que dará familiaridade e confiança ao comprador, a diferença será apenas sentida na arrancada mais vigorosa que um motor eléctrico bem dimensionado oferece, e no espaço para bagagem que um porta-malas destacado permite. Ou seja, não será uma fera enjaulada na cidade, poderá pegar a estrada sem medo. Em trânsito, o câmbio automático desestressa. Ele, aliás, pode indicar o uso de um motor de alta rotação e última geração, para garantir a performance à qual a clientela da marca está habituada.

Anúncios