Em um dos vídeos para mostrar o que seria do mundo se tudo fosse a combustão interna, mais especificamente (o que é pior) se tudo fosse à gasolina, a Nissan/Renault mostra a complicação de ter que acionar um motor que depende de electricidade para começar a funcionar.

A Vez (ver aqui) é da Nissan, que aproveita para alfinetar o Chevrolet Volt, no fim do vídeo, mostrando-o em pleno abastecimento, ao lado de uma bomba de gasolina. A mensagem é clara e da General Motors, que já devolveu a Bill Gates uma alfinetada infeliz, comparando a evolução do computador com a do automóvel, aguardo a réplica para comentar e mostrar a vocês.

O melhor do vídeo, porém, é a mensagem de que os negócios de transporte eléctrico vão bem, apesar dos percalços. Só falta desembarcarem de vez por aqui. O Leaf (ver aqui) está prestes e experimentar nossos pavimentos horrorosos, para participar da IV Conferência de Prefeitos da C40, de 31 de Maio a 03 de Junho em São Paulo, como carro oficial.

Anúncios