Por módicos R$ 546.050,00 o cidadão já pode encomendar seu BMW Série 7 ActiveHybrid, em qualquer concessionárioa BMW do Brasil. Os R$ 50,00 eu já tenho. Ver aqui, aqui, aqui e vídeos aqui.

Aliado ao brutamontes V8 (4,4l e 408cv) há um motor trifásico, junto com o qual despeja 465cv e 71,38kgfm no solo. A máxima é limitada (mas muita gente retira o limite) a 250km/h, de 0 a 100 ele consome apenas 4,9s. O consumo médio é de 10,6km/l; na estrada, em velocidade constante, deve rodar uns 16km/l.

Não é a melhor configuração de híbrido, motores atrelados a uma caixa automática de oito marchas e função start-stop, pelo que creio que a bávara está testando a reação do público na prática, ou seja, querendo saber nas revisões o que o consumidor da BMW diz de seu híbrido BMW. No futuro, breve eu espero, quem sabe a caixa de marchas dê lugar a um gerador de alta eficiência, em um sistema híbrido paralelo, porque a motorização para tanto há rumores de que já esteja em fase final de projecto.

As baterias de íon de lítio fornecem 120v e permitem que o ar condicionado funcione mesmo com o motor desligado. Isto fora os sete air bags, os pneus (245/45 na frente e 275/40 atrás) que rodam a até 80km/h quando vazio e têm sensores de furos, enfim… Além de tudo é um BMW. As rodas aro 19″, de boa aerodinâmica, e a cor azul mostrada são exclusivas desta versão.

Os alemães preferiram não esperar, neste ritmo logo serão um sinônimo de eléctrico e híbrido no Brasil.

Anúncios